segunda-feira, 4 de janeiro de 2010

Dizer adeus ao que restou ...


Chame do que quiser,
como quiser e
quem quiser.

Sinta apenas que
os dias não são os mesmos
das mesmas maneiras,
sem os mesmos homens na rua.

Os cafetões mudaram tambem.
As prostitutas idem.
As freiras são mais bonitas agora,
mais sexys.
Com um ar de inquietudo
tão natural a elas.

Os pontos de onibus, escadas rolantes
açougues, correios, filas de banco,
bares, boates, cemiterios.

Tudo agora é diferente.
Ou fui eu apenas que mudei?

As vagas de carros em ruas
movimentadas, em dias movimentados.
As placas de "proibido fumar".
Os trilhos, filhos, netos e irmãos.

Tudo agora é diferente.
Ou sou eu apenas?

Meu sexo é idem ao de outrora.
E sou tão gostosa como nunca fui.

Mudei.

2 comentários:

  1. Essa mudança é uma das mágicas da vida.
    Legal uma pessoa perceber isso a ponto de comentar...

    ResponderExcluir